A curiosa polêmica que um ex-jogador do Inter causou na torcida do River

Tema dominou as redes sociais e foi parar na TV

Um ex-jogador do Internacional causou indiretamente polêmica na Argentina, tanto que virou pauta no canal TyC Sports nessa segunda-feira (28). Um bandeirão produzido para o dia internacional de torcedores do River Plate, com os oito maiores ídolos do clube, não contava com a imagem de Fernando Cavenaghi.

Com a camisa dos Millonarios, o ex-atacante do Inter é tricampeão argentino, campeão das Copas Libertadores e Sul-Americana, além da Recopa. Para o seu lugar colocaram Ponzio, volante de 38 anos multicampeão e ainda em atividade pelo clube.

De acordo com o líder do grupo de torcedores que fez a homenagem, Christian Krom, Cavenaghi já teve o seu momento de reverência quando encerrou a carreira.

“Quando nos despedimos, fizemos a Cavenaghi um mosaico no San Martín Alta e um telão. Para Ponzio, capitão do time e o jogador mais vencedor da história do clube, se não agora, quando seria?. Nós amamos Cavenaghi. Não somos contra ele, mas ele já tinha o seu. Ponzio é um jogador que nos representa e esteve nos piores e melhores momentos.”

Bandeira com os ídolos (Reprodução)

A decisão de preterir Cavenaghi não pegou bem até com torcedores do próprio River.  A repercussão cresceu tanto que, ao vivo na TV, Krom pediu desculpas.

“Eu entendo as críticas da torcida, mas Ponzio nunca teve bandeira e achamos que sim. Queremos todos os jogadores, muitos mais podem ser colocados. Mas para fazer isso mesmo, você só poderia colocar oito. Pedimos desculpas àqueles que estavam esperando por Cavenaghi”, concluiu.

Cavenaghi passou em 2011 pelo Internacional, com19 jogos e seis gols marcados. Foi campeão gaúcho daquele ano.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 2.306