A dupla em fim de contrato que custa R$ 1 milhão por mês ao Inter

Jogadores têm situação de futuro indefinida para o segundo semestre

Dois jogadores do Internacional têm contrato por expirar. Em vínculos distintos, fato é que o lateral-direito Rodinei e o atacante Abel Hernández podem estar de saída nos próximos meses. Caso o adeus se confirme, o Inter deixará de pagar cerca de R$ 1 milhão mensais.

Abel Hernández chegou ao Clube do Povo no meio de 2020, após lesão de Paolo Guerrero, que o tirou do restante da temporada. Então sem clube, o uruguaio firmou vínculo até 30 de junho.

O custo mensal e as outras opções no elenco para a posição dificultam a permanência do atleta no Beira-Rio. Afinal, para a função ainda há Yuri Alberto, Thiago Galhardo e Guerrero. De acordo com o site Vozes do Gigante, o canhoto tem custo de cerca de R$ 700 mil por mês.

Rodinei, emprestado pelo Flamengo, tem contrato às margens do Guaíba até 30 de maio. Por falhas decisivas na temporada de 2020, o lateral sofre com críticas de parte da torcida, mas é utilizado neste início de jornada pelo técnico Miguel Ángel Ramírez.

Se o Inter não renovar os vínculos, portanto, terá menos opções no elenco para o segundo semestre, mas diminuirá seu custo trabalhista mensal na casa de R$ 1 milhão.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 764

Ao clicar no botão de inscrição, você nunca mais perderá os novos artigos!