A reunião que deve terminar imbróglio com a Turner

Inter e outros sete clubes vão debater o contrato com o grupo norte-americano

O Internacional irá se reunir com a Turner na segunda-feira (3) para definir os rumos do acordo de transmissão da TV fechada no Campeonato Brasileiro. O grupo norte-americano afirma que o clube infringiu cláusulas e suspendeu o pagamento mensal que, no valor total, chega a R$ 28 milhões.

Além do Inter, outros sete clubes com contrato com a Turner estarão presentes: Santos, Palmeiras, Athletico-PR, Coritiba, Ceará, Fortaleza e Bahia. Porém, o Clube do Povo tem uma situação diferente dos demais, já que tem acordo com o grupo somente para edição de 2020 do Brasileirão, enquanto que os outros estão ligados até 2024.

A Turner alega que o Inter não teria respeitado o número limite de partidas em casa transmitidas pela TV aberta. Por óbvio, quanto mais transmissões na Globo, menos audiência para o TNT, canal de filmes utilizado pelo grupo para reproduzir as imagens.

A MP 984, conhecida popularmente como MP do Flamengo, deu mais poderes à Turner. Uma vez que a emissora não precisa mais ter acordo com os dois clubes para transmitir uma partida. Assim, desde que o mandante tenha acordo com o conglomerado, este poderá ter as imagens.

WHATSAPP

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.732