Anderson quebra o silêncio e se manifesta sobre período turbulento no Inter

Um dos jogadores marcados no pior momento da história do Internacional atende pelo nome de Anderson, meia que fez parte do elenco rebaixado na temporada de 2016. E nas últimas horas o ex-jogador se manifestou sobre aquele período.

Em entrevista ao site Globo Esporte, Anderson pra explicar aquele momento terrível citou a bagunça que estava o clube. Ainda, citou o entra e sai de treinadores à beira do campo.

“No Brasil, às vezes é complicado. Eu saí do Inter como o jogador com mais assistências no clube. Nunca tive uma sequência boa de jogos que me deram. E em um ano eu tive seis treinadores. É loucura. Como um jogador vai ter seis treinadores em um ano? É impossível”, disse.

Anderson chegou ao Inter em 2015 e em 2018 fez acordo para rescindir o contrato. “O Sport Club Internacional e o volante Anderson chegaram a um acordo para finalizar o contrato de trabalho. O Clube deseja sucesso ao atleta na sequência de sua carreira”, publicou o Inter na ocasião.

À época, além do já tinha sido pago ao atleta, o Inter fez um acordo para pagar R$ 5 milhões divididos em 30 parcelas. Depois de deixar o Colorado o ex-jogador atuou no Coritiba e no Adana Demirspor, clube turco onde se aposentou em 2019.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.579

Ao clicar no botão de inscrição, você nunca mais perderá os novos artigos!