Após coletiva de Medeiros, site do Inter retira nome de dirigentes

Clima quente no ambiente interno do Inter

O clima interno do Internacional está fervendo. Após a coletiva na tarde dessa sexta-feira (25) do presidente Marcelo Medeiros, nomes que faziam parte da diretoria e foram desligados já não estão mais no site do clube, em ação realizada em plena sexta à noite.

Os nomes retirados foram do vice-presidente de Marketing e Mídia, Nelson Pires, VP de Administração Victor Grunberg, o vice de Futebol, Alessandro Barcellos, além do assessor da presidência, Flávio Ordoque .

Vice-presidências não apontam os que deixaram o clube (Reprodução)

Na coletiva, Medeiros explicou que os desligamentos têm a ver com um documento onde grupos políticos de oposição fizeram uma aliança para disputar o pleito. Dentre eles Alessandro Barcellos.

“Na reunião de hoje pela manhã, todos os membros do Conselho de Gestão desconheciam este documento. O presidente e os integrantes entenderam que o signatário do dito documento deveriam colocar seus cargos à disposição. O Conselho de Gestão tomou esta decisão para fazer uma blindagem para que os profissionais, comissão técnica e o pessoal do apoio ficassem fora do ambiente político”, disse Medeiros.




Durante a tarde, antes da entrevista, os grupos divulgaram a aliança. “Os movimentos i9 Inter, @AcadColorada e @ConvergenciaSC apresentam aqui, em carta aberta, os princípios que entendem como fundamentais para a gestão do clube. Mais do que conter diretrizes, ela é colaborativa, como mais um gesto pelo constante aperfeiçoamento necessário ao Clube”, diz o comunicado de divulgação.

Cerca de 10 pessoas vão deixar o Inter, em apoio à demissão de Barcellos.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.732