As duas exigências da direção do Inter para Coudet

Próximos resultados são fundamentais para a continuação do trabalho

O Internacional perdeu mais uma vez para o Grêmio. São 10 jogos sem vencer o rival e cinco destes sob a batuta do técnico Eduardo Coudet. O comandante, no entanto, está pressionado no cargo e duas exigências são feitas pela direção.

A direção cobrará para que a equipe se mantenha na parte de cima no Campeonato Brasileiro e também na Libertadores. Outra obrigação do técnico é vencer de uma vez por todas o próximo clássico, marcado para sábado (3), daqui a nove dias, pela 13ª rodada do nacional.

Classificação Libertadores

Chacho já havia sido cobrado pela direção pelas entrevistas que concedia após as partidas. Coudet reiteradamente se queixava de um “grupo curto” e de certa forma pedia mais contratações. Internamente, não pegou bem.

O diagnóstico dos dirigentes colorados é que críticas para o grupo de atletas poderia causar um racha entre estes com a comissão técnica. Além disso, há um entendimento de que Chacho tem sim condições de estrutura e peças à disposição para fazer um bom trabalho.

De momento, antes das próximas partidas, não se debate no Inter uma troca de técnico.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.743