Rodrigo Caetano pode trocar de clube na Série A

Executivo tem contrato no Inter até o fim de 2020, antes do término das competições

Assim como no Internacional, o São Paulo vive clima de eleições. Um dos candidatos é Júlio Casares que, se eleito, promete reformulação no futebol do clube paulista. E um nome preferido pertence ao Inter.

Casares quer contar com os serviços do executivo de futebol colorado Rodrigo Caetano. No Inter, o profissional tem vínculo até o fim de 2020, antes do término das competições e também aguarda a eleição para definir seu futuro. Diego Cerri, diretor-executivo de futebol do Bahia, é outro alvo do clube paulista.

Foto: Ricardo Duarte /SCI
Caetano conversa com o então vice de Futebol Alessandro Barcellos e o técnico Eduardo Coudet (Foto: Ricardo Duarte /SCI)




O nome de Raí, ídolo são-paulino, mas que não goza com terno e gravata do mesmo prestígio de quando vestia chuteiras, é o nome que deve deixar o São Paulo caso Casares seja eleito.

 

Os candidatos à presidência do Inter, Alessandro Barcellos, José Aquino Flores Camargo, Cristiano Pilla e Guinther Spode, concorrem em 26 de novembro ao pleito no Conselho Deliberativo. Os dois mais votados entre os 340 conselheiros avançam em nova disputa para o voto dos associados.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.752