Celta procurou Coudet após receber negativa de primeira opção

Ex-técnico do Inter sequer era o ficha 1 do pequeno clube espanhol

O Internacional comunicou de forma oficial na noite dessa segunda-feira (9) que Eduardo Coudet não é mais técnico do clube, que deverá ser o novo treinador do Celta de Vigo. Chacho, porém, sequer era a primeira opção da pequena equipe galega.

Após demitir Óscar García, o 17º colocado no Campeonato Espanhol lembrou de Chacho somente após o espanhol Marcelino García recusar prontamente a proposta. A investida não teria agrado ao treinador de 55 anos nem desportiva e tampouco financeiramente.

Último time de Marcelino foi o Valencia, deixou o cargo em setembro de 2019 (Reprodução)




O Celta conquistou apenas sete pontos em 21 possíveis na La Liga e venceu um jogo das sétimas rodadas. Quem quis Chacho foram o presidente Carlos Mouriño e seu diretor geral, Antonio Chaves.

Será a primeira oportunidade de Coudet como treinador na Europa, mas não será um cenário desconhecido. Isso porque Chacho foi jogador do próprio Celta, há 18 anos.

De acordo com publicação do site UOL, a direção colorada fez forte cobrança ao treinador após o tropeço em casa contra o Coritiba, equipe da zona de rebaixamento do Brasileiro. Coudet então colocou seu cargo à disposição, como informou o canal Vozes do Gigante.

O portal Resistência Colorada apurou que não foi a primeira vez que Coudet colocou o posto de trabalho em dúvida. Pelo menos em outras duas ocasiões o treinador cogitou deixar o clube.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.752