Clássico terá resquício da pancadaria na Libertadores? Veja o que diz Musto

Em março, pela competição continental, confusão generalizada culminou em oito expulsões

O volante Musto, do Internacional, afirmou em entrevista coletiva virtual na tarde dessa segunda-feira (20), que não crê que haja resquícios da pancadaria no último clássico para o confronto contra o Grêmio na quarta-feira (22).

“Creio que terá a tensão de sempre, de um clássico. Todo Gre-Nal tem essa tensão prévia, sabendo o quão importante é. Não creio que o que passou na Libertadores traga alguma bronca extra, ou algo que esteja pendente.”

O argentino salientou que confia plenamente no grupo de jogadores do Inter. “Precisa ser demonstrado dentro de campo. Eu confio até a morte em meus companheiros, em como temos trabalhado, mas a verdade está no campo. O trabalho está sendo feito, precisamos tratar de fazer um grande clássico.”

Veja outros trechos:

“Todo clássico te marca, é sempre assim. São partidas distintas. Nossa ideia é tratar de ganhar. Temos trabalhado muito forte, não só aqui (no CT), mas também em casa. A equipe está preparada para o que vem pela frente.”

“Nós sempre vamos buscar (o resultado), contra todas as equipes e em todos os estádios. Não sabemos esperar, vamos propor, buscar, tratar de ganhar o jogo desde o primeiro minuto. Isso não somente nos clássicos, mas desde que o processo aqui começou.”

“Vamos saber, assim que se passarem algumas partidas, se a equipe segue evoluindo. É uma análise que se faz com o passar das partidas. A situação afetou a todos, todos perderam tempo de treinamento, os trabalhos diários com todo o grupo.”

Onde assistir e escalações do Gre-Nal 425

“Não é justo o fato de ter de sair e jogar fora do Beira-Rio. A determinação não é coerente com as medidas que se vêm tomando. Seguramente, creio que nenhum lugar seria mais seguro, por conta das medidas que temos tomado há tempo.”

“Mas não é uma decisão nossa, não passa por nós. Se nos perguntarem, queremos sempre jogar no Beira, no nosso estádio. O campo está impecável, estava tudo certo para jogar aqui, com as medidas tomadas. Mas são decisões tomadas por outras pessoas.”

Veja a entrevista na íntegra:

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.655