COLUNA POPULAR – Inter acertará ao sair do RS se governador vetar treinos coletivos

Chefe do executivo estadual dificulta os trabalhos completos do Colorado

O Internacional acerta ao sair do Rio Grande do Sul caso o governador Eduardo Leite permaneça com as restrições com os treinos coletivos. Além do Campeonato Gaúcho, o Brasileirão é o principal motivo desta opinião.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) garante que o torneio nacional iniciará em 8 de agosto. Sem conseguir treinar de forma completa, o cenário para o Inter no Brasileiro seria caótico. Imagine entrar na competição sem ter realizado treinos coletivos? Desastre.

Talvez não exista setor mais seguro contra o coronavírus do que o futebol. Qual outro ramo que realiza testes em cima de testes e cumpro com todos os protocolos sanitários exigidos? Deve haver, mas desconheço.

Eu defendo a volta do futebol não como entretenimento, para que o povo em casa na quarentena tenha como que se distrair. Não é isso. A razão defendida é que o futebol é um meio econômico como qualquer outro.

Pessoas no futebol perderam seus empregos ou ao menos estão ameaçados. No Inter foram quase 50 demitidos, além das vagas indiretas, como seguranças, motoristas, entre outros.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.597

Ao clicar no botão de inscrição, você nunca mais perderá os novos artigos!