Como fica a questão dos estrangeiros com a chegada de Sergio Rochet no Inter

O Internacional encaminhou nas últimas horas a contratação do goleiro Sergio Rochet, do Nacional, do Uruguai. Com a chegada do uruguaio o Inter chega ao limite do que pode escalar de estrangeiros em uma partida oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O Clube do Povo tem em seu elenco os argentinos Gabriel Mercado e Fabricio Bustos, o colombiano Nico Hernández, o chileno Charles Aránguiz, o uruguaio Carlos de Pena, além de Enner Valencia, do Equador. Johnny, nascido nos Estados Unidos, tem cidadania brasileira e não conta como estrangeiro.

O Colorado até pode contratar outros jogadores que nasceram fora do Brasil. Não há tal impedimento, o que não é permitido é relacionar mais de sete para um jogo oficial no país. Para os confrontos da Libertadores não há restrição.

Para a posição, além do titular John, o elenco comandado pelo técnico Mano Menezes conta com Anthoni, Emerson Jr. e Keiller, este último que deverá ser negociado.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.732