Coudet não será julgado pelo TJD-RS

Técnico colorado fica livre para comandar o time no Gre-Nal 426

O técnico do Internacional, Eduardo Coudet, não será mais julgado nessa terça-feira (4) pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS). O Inter fez um acordo com a Procuradoria e pagará uma multa de R$ 5 mil. A informação é do jornalista Saimon Bianchini da Rádio Gaúcha.

Reprodução

Coudet seria julgado pela conduta contra o presidente da FGF, Luciano Hocsman, após o clássico Gre-Nal 425, no Centenário. D’Alessandro segue como denunciado e será julgado.

Após o clássico, um vídeo divulgado pelo repórter da RBS TV, Leonardo Müller, viralizou nas redes sociais onde Coudet e D’Alessandro estariam cobrando Hocsman em uma suposta parcialidade e de que o Grêmio teria poderes sobre ele.

O incidente aconteceu em frente ao vestiário colorado. A equipe de arbitragem já tinha se retirado de campo e não presenciou a cena. O fato, citado em súmula, chegou ao árbitro Daniel Nobre Bins por meio do delegado do jogo, Marcos Roberto Caduri de Almeida.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.655