D’Alessandro e Coudet denunciados no TJD-RS

Jogador e técnico dispararam contra o chefe da federação

O técnico do Internacional, Eduardo Coudet e o meia Andrés D’Alessandro foram denunciados nessa segunda-feira (27) pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS). O motivo: a bronca contra o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, após a derrota para o Grêmio (veja aqui o vídeo).

O camisa 10 pode ficar fora de ação por período entre 30 e 120 dias. Fora a sanção desportiva, poderá ter de pagar multa entre R$ 100 e R$ 100 mil. Já o comandante argentino poderá pegar gancho de até seis partidas.

Não há data definida para o julgamento da dupla. O meia está enquadrado no artigo 243-C do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que cita “ameaçar alguém, por palavra, escrito, gestos ou por qualquer outro meio, a causar-lhe mal injusto ou grave”.

Coudet foi denunciado no artigo 258, que menciona “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código”.

Árbitro publica súmula do Gre-Nal 425

O que diz o presidente da FGF após ataques de D’Alessandro

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.597

Ao clicar no botão de inscrição, você nunca mais perderá os novos artigos!