Data de fechamento da janela de transferências no Brasil será diferente para finalistas de estaduais

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tem uma excepcionalidade na data de encerramento da primeira janela de transferências do futebol brasileiro na atual temporada. Jogadores que estão acertados com outros clubes poderão se transferir depois do fechamento da janela.

Os clubes do Brasil, nesta primeira janela de transferências de 2023, têm o período de 10 de janeiro a 3 de abril para contratar novos jogadores. No entanto, este prazo é aumentado àqueles que já têm negócio com outros clubes.

Um exemplo: o Inter negocia o meia Mauricio com o Corinthians, a janela fecha em 4 de abril, mas a final do Gauchão está marcada para 9 de abril. Então, o meia do Inter poderia jogar a decisão e depois se transferir para o clube paulista, mesmo que a janela já esteja fechada.

O principal caso neste sentido é o do Água Santa, finalista do Paulistão contra o Palmeiras, cujo técnico Thiago Scarpini temeu por perder seus jogadores antes da decisão.

“O Palmeiras é o time a ser batido no Brasil. É o melhor em tudo. Ele se acostumou a vencer. Mas o que me preocupa mais são algumas situações de janela. O Água Santa não tem calendário. Até o dia 4, os jogadores têm de estar em algum time das Séries A ou B”, disse o técnico do Água Santa, Thiago Carpini, desconhecendo a excepcionalidade da CBF para este caso.

“Não posso pensar só em mim e atrapalhar uma chance desses jogadores. Isso pode atrapalhar a grandeza da final do Paulistão. Estou entusiasmado, mas já preocupado. Queria ter uma solução. Acho que 80% desse elenco já está com pré-contrato para a Série B. Queremos fazer uma final digna”, completou.

CLIQUE AQUI E ENTRE EM NOSSO GRUPO FECHADO DE NOTÍCIAS DO INTER NO TELEGRAM

Os clubes finalistas de estaduais podem ter seus elencos completos e os jogadores já negociados poderão estar em campo.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.485