Depois do jogo contra o Belgrano, Inter quer mandar partidas no Rio Grande do Sul

Por conta das enchentes no Rio Grande do Sul, o Internacional contra o Belgrano, pela Copa Sul-Americana em 28 de maio, deverá mandar a partida em Itu, interior de São Paulo. Só falta o aval da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). Porém, já planeja alternativas para os próximos jogos e estas seriam no Rio Grande do Sul.

Depois de enfrentar o Belgrano, o Inter como compromisso o Vitória e Real Tomayapo. Estes jogos o Inter será visitante. O confronto subsequente será contra o Delfín, em 8 de junho e é para este jogo que o Colorado já trabalha nas alternativas.

A Conmebol exige que um estádio para receber jogo pela Sul-Americana precisa ter um aeroporto internacional em um raio de até 150 quilômetros. Como o Governo Federal prometeu agilizar para que a base aérea de Canoas tenha alfândegação, cidades como Caxias do Sul, por exemplo, são alternativas.

A tendência é que o Inter tenha tenha na Serra sua “nova casa”. Por mais que o estádio Centenário, do Caxias, não seja descartado, o Alfredo Jaconi, do Juventude, é o favorito.

 

CLIQUE AQUI E RECEBA AS NOTÍCIAS DO INTER NO EM SEU WHATSAPP
O Heriberto Hülse, do Criciúma, também é alternativa, o aeroporto seria o Jaguaruna e também teria de passar por alfândegação. Estas opções serão válidas para o Inter pelo menos pelos próximos dois meses, projeção de quando o Beira-Rio talvez já possa ser utilizado.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.661