Dirigente comenta protestos no CT: “Defender o patrimônio do clube”

Direção que não ganha Gre-Nal ainda se recupera do mais novo fiasco contra o Grêmio

O vice-presidente do Internacional, João Patrício Herrmann, o mesmo que chamou torcedores que protestaram de “drogados”, afirmou em entrevista à Rádio Bandeirantes nessa sexta-feira (7), que a direção trabalha para defender o Inter contra vândalos.

“Temos de nos focar em trabalhar, trabalhar internamente, defender o patrimônio do clube. Não deixar que vândalos ataquem o patrimônio, ataquem trabalhadores. Nossa obrigação é de dar confiança aos profissionais. Temos confiança na direção de futebol, na comissão técnica, vamos deixar eles trabalharem. Não vamos jogar fogos, não vamos ofender ninguém.”

Em outra resposta, o dirigente garante que aceita a contrariedade dos colorados pelos fiascos vexatórios em partidas contra o Grêmio. “Ninguém está satisfeito com nosso desempenho. Entendemos os protestos, as vaias, a discordância. É da democracia”.

João conclui afirmando que o clube ainda junta os cacos da última derrota.

“Ainda estamos consertando algumas situações desagradáveis que ocorreram na quarta. Não tínhamos no planejamento sermos derrotados, fizemos um péssimo jogo. Pedimos desculpas aos torcedores pelo resultado”.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.667