Dirigente do Grêmio diz que Gre-Nal foi um escândalo e manda recado polêmico sobre a reta final do Gauchão

A vitória do Internacional no Gre-Nal 441 ainda está dando o que falar. Nas últimas horas o vice-presidente de Futebol do Grêmio, Antônio Brum, disse que o clássico foi um escândalo (arbitragem) e mandou um recado: que o Grêmio não deixará ser roubado no estadual.

“O Grêmio está extremamente preocupado com o que vem acontecendo. Eu quero deixar bem claro para a torcida do Grêmio que não vão nos tirar o Gauchão na mão grande. Não vão tirar. Talvez não seja interessante um hepta do Grêmio, depois do Novo Hamburgo ter vencido antes dos nossos seis títulos e o Inter há tanto tempo sem ser campeão. O que aconteceu no Gre-Nal foi um escândalo”, disse.

“Eu nunca presenciei uma arbitragem com tantos problemas em um jogo só e isso ligou um alerta. O que aconteceu nos deixou de olhos arregalados. Na mão grande, não vão tirar. Podemos perder o Gauchão em campo, não fora (…) Um campeonato com 12 times que passou a classificar os oito? Agora, com essa rodada de quartas de final, as finais serão lá em abril junto com a estreia do Grêmio na Libertadores. Não sei se vocês se deram conta disso”, completou.

CLIQUE AQUI E RECEBA AS NOTÍCIAS DO INTER NO EM SEU WHATSAPP
Na próxima fase, as quartas de final, o Internacional encara o São Luiz, enquanto que o Grêmio desafia o Brasil de Pelotas.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.579

Ao clicar no botão de inscrição, você nunca mais perderá os novos artigos!