Em 2019 e 2020, Lucas Ribeiro tem 83 minutos em campo

Zagueiro por vezes sequer aparece no banco de reservas no Inter

O zagueiro Victor Cuesta novamente falhou com a camisa do Inter. Desta vez foi contra o Corinthians, quando tentou estranhamente e de forma fracassada desarmar de cabeça o meia Cazares. Com as más exibições, nomes de reposição no elenco são especulados e um deles é Lucas Ribeiro, mas este tem pouco tempo de jogo nos últimos dois anos e sequer cogita-se ingressar na equipe.

O zagueiro de 21 anos foi vendido do Vitória para o Hoffenheim, da Alemanha, em janeiro de 2019. Porém, foi debutar com a camisa do clube alemão um ano depois, em fevereiro de 2020 quando participou de 19 minutos na derrota para o Bayern de Munique pela Copa da Alemanha.

No mesmo mês participou de três minutos no empate com o Borussia M’Gladbach e outros 60 minutos novamente contra o Bayern, mas desta vez pela Bundesliga. Somou então 82 minutos na Europa.

Lucas em ação na Alemanha (Foto: site Oficial Hoffenheim)

O destro de 1,90m foi anunciado pelo Internacional em 10 de agosto, em empréstimo válido até o fim de 2021. De acordo com o site Revista Colorada, o Colorado pagou uma taxa de empréstimo de cerca de 200 mil euros e arca com um salário de cerca de R$ 400 mil. No entanto, no Inter também não participa dos jogos, mesmo com palavras positivas do técnico Eduardo Coudet quando da sua contratação.

“É um jogador de característica que eu gosto. Central de boa altura. No mercado, dentro das possibilidades, tratamos de aproveitá-las. Não temos a possibilidade econômica de fazer qualquer contratação. Mas de buscar característica e que tenha um bom nível para que possa nos ajudar”, disse Chacho à época.




O início da jornada do zagueiro no Inter foi prejudicado pelo contágio do coronavírus, quando o Inter anunciou a doença em 27 de agosto. Felizmente se recuperou, mas as ausências nas partidas permaneceram. Com a camisa colorada atuou um minuto na vitória sobre o América-COL, em 16 de setembro, pela Libertadores.

Em 2019 e 2020, portanto, Lucas soma 83 minutos em campo com camisa de clube. Como profissional participou de apenas 20 partidas na carreira, 16 pelo Vitória, três pelo Hoffenheim e uma pelo Inter.

Uma informação de bastidor aponta que o zagueiro treina mal e não agrada ao técnico do Inter. Versão esta não confirmada obviamente de forma oficial. Fato é que Lucas Ribeiro não tem vez no Colorado tanto que sobra até do banco de reservas onde 12 entram, mais de um time.

Contra o Corinthians, a última partida do Inter, não ficou entre os suplentes. A última vez que Lucas sentou no banco de reservas foi no empate com o Flamengo, há uma semana. Antes, apareceu somente no Gre-Nal do Brasileirão, em 3 de outubro.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.743