Ex-centroavante do Inter, Walter se envolve em nova polêmica e clube solta nota oficial

Ex-centroavante do Internacional, Walter deu uma declaração polêmica nas últimas horas. O avante afirmou que tem vergonha de dizer que jogou no São Borja, equipe da terceira divisão estadual do Rio Grande do Sul.

“Falaram que iam me pagar e não me pagaram. Tenho vergonha de dizer que eu joguei lá, tipo assim… E não foi para mim só. Foi também para outras pessoas. Aquilo não parecia profissional. Esse time eu não quero nem saber”, disse o centroavante para o site ge.

Logo após a polêmica entrevista de Walter, o São Borja se manifestou em nota oficial. Além de lamentar a fala do jogador, o clube garante que honrou com seus compromissos, veja abaixo:

“O Esporte Clube São Borja, em respeito aos seus torcedores, apoiadores, parceiros patrocinadores e comunidade São-borjense, vem a público repudiar veementemente as declarações do seu ex-jogador Walter em entrevista publicada nesta data no site GE.COM.

Apesar de todas as dificuldades inerentes ao futebol do interior, o Esporte Clube São Borja, mesmo estando atualmente na Série B do Campeonato Gaúcho, possui uma história e um nome a zelar no futebol profissional, com uma torcida apaixonada e sendo um clube respeitado em todo o Estado por sua vitoriosa trajetória.

O clube recebe com enorme surpresa tais declarações, uma vez que durante a curta passagem do atleta (inferior ao período de um mês), além de ter cumprido com as obrigações financeiras, inclusive através de um empresário torcedor do clube que adiantou o primeiro mês de salário e custeou o deslocamento aéreo, ofereceu tratamento diferenciado, com moradia em hotel, refeições em restaurante, disponibilização de nutricionista, assim como todo o suporte necessário para o bom desempenho profissional, tais como academia, preparação física, massagista, fisioterapeuta e médico.

Tal surpresa também decorre do fato de que a saída do jogador ocorreu em comum acordo, partindo do próprio jogador, que alegou motivos pessoais – e nunca estruturais. Considerando que o clube naquele momento entendeu que o atleta não estava oferecendo o retorno esperado, mesmo apostando na sua retomada da carreira, acatou o pedido e deu por encerrado o seu vínculo profissional. Em virtude da grande exposição e repercussão das inverdades e falsas imputações direcionadas ao clube, a direção informa que o assunto a partir de agora estará a cargo do seu departamento jurídico para análise das providências cabíveis.”

CLIQUE AQUI E RECEBA AS NOTÍCIAS DO INTER NO WHATSAPP
Walter deixou o Clube do Povo em 2010, antes do término da Libertadores daquela temporada. Ainda durante a carreira atuou no Porto, de Portugal, depois rodou por Cruzeiro, Goiás, Fluminense, Athletico, Atlético-GO, Paysandu, CSA, entre outros.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.653