Ex-Inter, Andrigo usa paralisação do futebol para estudar economia

O futebol está parado em praticamente todo o Brasil, por conta da pandemia do coronavírus. O que faz com que jogadores busquem conhecimento fora das quatro linhas. Um deles é o meia-atacante Andrigo, revelado pelo Internacional e atualmente no CSA, que estudou economia.

“Durante a pandemia, eu tirei sete certificados, estudei bastante para me capacitar. O jogador de futebol tem que fazer isso, se especializar, porque não dá pra viver do futebol para sempre”, revelou em entrevista coletiva virtual.

O ex-jogador do Internacional ainda opinou que jogadores de futebol gastam mais do que deveriam, já que a carreira do atleta é menor do que outras profissões.

“O jogador tem esse negócio, a carreira é curta então tu podes somar, mas tens de saber fazer. Por exemplo: um cara que ganha R$ 1 milhão, gasta R$ 999 mil. E o cara que ganha R$ 5 mil, gasta R$ 1 mil e guarda R$ 4 mil. O cara que ganha R$ 5 mil vai ter mais dinheiro porque soube se organizar. Então seria bom se essa educação financeira viesse desde cedo, desde a escola, de preferência”, concluiu.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.485