Expulsão de Heitor: súmula explica pisão e aponta “conduta violenta”

Lateral deixou o campo no início do segundo tempo

O lateral-direito do Internacional Heitor foi expulso no empate com o Coritiba. O árbitro da partida, Dyorgines Jose Padovani de Andrade, classificou a ação do colorado em súmula como “conduta violenta”.

“Cartão Vermelho Direto Motivo: V2. For culpado de conduta violenta – Por pisar, com as travas da chuteira, à coxa de seu adversário de num 30 sr.robson fernandes, quando a bola se encontrava fora de jogo. o atleta atingido necessitou de atendimento e continuou normalmente na partida. o expulso saiu sem questionar.”

Trecho da súmula (Reprodução)

O jogador de 20 anos cumprirá pelo menos dois jogos de suspensão. Isso porque o lateral recebeu o terceiro cartão amarelo e na sequência o vermelho direto, o que não elimina a primeira advertência.

O jovem tinha atuação de destaque no primeiro tempo, quando deu assistência para o gol de Yuri Alberto. Deixou o campo no início do segundo tempo. Heitor será baixa portanto nas partidas contra o Santos e Fluminense.

Assista abaixo ao lance da expulsão:

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.735