Formado no Inter, renovação de Otávio custou mais ao Porto do que compra de atacante do Grêmio

Meia-atacante deixou o Clube do Povo na temporada de 2014

Formado no Internacional, o meio-campo Otávio renovou contrato com o Porto até 2025 e a cifra que o clube português teve de desembolsar é maior que diversas contratações. É superior ao valor que o Dragão pelo atacante ex-Grêmio Pepê, por exemplo.

De acordo com o relatório de contas do Porto, a renovação de Otavinho custou 17 milhões de euros, montante diluído ao longo do vínculo. O documento explica que o valor é devido a “encargos com serviços de intermediação e prêmios de assinatura”.

Otávio em ação pelo Inter (Foto: Alexandre Lops/SCI)

Na equipe portuguesa o ex-Inter receberá algo em torno de 3 milhões de euros por ano. Contratado junto ao Grêmio, Pepê foi negociado por 15,3 milhões de euros. Com encargos, o jogador gremista custou 16,7 milhões de euros ao Dragão.

Otavinho chegou ao Beira-Rio em 2010, então com 15 anos. Deixou o Inter em 2014, com 19. Estreou no profissional em 2012, lançado por Fernandão. Com a camisa vermelha são 62 partidas, com sete gols marcados. Foi bicampeão gaúcho nas temporadas de 2013 e 2014.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 1.171