Inter adia eleição presidencial por conflito de datas com Libertadores

Pleito aconteceria no mesmo dia da partida contra o Boca Juniors

O conflito de datas com a Copa Libertadores da América fez o Internacional adiar a eleição presidencial que ocorreria inicialmente em 25 de novembro. O pleito acontecerá no dia seguinte, 26 de novembro.

A partida contra o Boca Juniors foi o motivo de postergar em 24h a eleição colorada. Mesmo que o pleito seja de forma virtual, a presidente do Conselho Deliberativo, Lenize Doval, achou por melhor não ter votação no mesmo dia da partida eliminatória.

Quatro chapas disputam os votos dos 340 conselheiros. Os grupos terão um tempo para apresentar os planos de gestão antes mesmo da votação. A tendência é que os dois candidatos que disputarão o voto dos associados sejam conhecidos por volta da meia-noite.




Os concorrentes:

Chapa 01

Presidente: Guinther Spode
1º Vice-presidente: Gustavo Juchem
2º Vice-presidente: Mauri Luiz da Silva
3º Vice-presidente: Alexandre Tesheiner Bessil
4º Vice-presidente: Claudio Affonso Amoretti Bier

Chapa 03

Presidente: José Aquino Flôres de Camargo
1º Vice-presidente: Eduardo Otávio Hausen de Souza
2º Vice-presidente: Luciana Paulo Gomes
3º Vice-presidente: Ubaldo Alexandre Licks Flôres
4º Vice-presidente: Léo Moura Centeno Júnior

Chapa 04

Presidente: Cristiano Pilla Pinto
1º Vice-presidente: Letícia Vieira de Jesus
2º Vice-presidente: Ivandro Rodrigo Morbach
3º Vice-presidente: Fabio Grossele da Rosa
4º Vice-presidente: Rodrigo Navarro Lins de Aguiar

Chapa 05

Presidente: Alessandro Pires Barcellos
1º Vice-presidente: Dannie Dubin
2º Vice-presidente: Arthur Caleffi
3º Vice-presidente: Luiz Carlos Ribeiro Bortolini
4º Vice-presidente: Humberto Cesar Busnello

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.752