Inter denunciado por troca de camisas entre jogadores

Ocorrências aconteceram nas partidas contra Ceará e Palmeiras

Por troca de camisas entre os jogadores nas partidas contra Ceará e Palmeiras, o Internacional será denunciado pela Procuradoria da Justiça Desportiva por infringir o protocolo da Diretriz Técnica Operacional de retorno ao futebol.

O procurador-geral, Ronaldo Botelho Piacente, reiterou que as ocorrências serão enquadradas no artigo 191, incisos II e III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

“A Procuradoria do STJD recebeu inúmeras notícias de infrações encaminhadas pela CBF, envolvendo clubes, atletas e dirigentes, por descumprimento das normas e diretrizes de segurança para evitar a contaminação do COVID-19. São vários relatos de descumprimento, como: não utilização de máscaras, utilização de máscaras de forma irregular, troca de camisas, aglomerações na comemoração do gol, entre outras. A Procuradoria se reuniu e chegaram ao consenso da existência de infração disciplinar na forma do artigo 191, incisos I e II do CBJD e do artigo 2º inciso XI, da Lei 9.615/98, porque as Diretrizes de segurança foram aderidas pelos clubes e faz parte integrante dos Regulamentos das Competições”, afirmou, antes de complementar:

“Cabe aos clubes instruírem seus atletas e funcionários no cumprimento das regras e protocolos de segurança estabelecidas nas diretrizes elaboradas pela CBF, bem como fiscalizar o cumprimento destas. Em razão disso a Procuradoria promoverá as denúncias”.




A pena prevista é de multa que pode variar entre R$ 100 e R$ 100 mil.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.597

Ao clicar no botão de inscrição, você nunca mais perderá os novos artigos!