Inter escolhe consórcio gaúcho para gerir Gigantinho por 20 anos

Tendência é que ainda em 2020 todo o trâmite esteja concluído

O Internacional escolheu a proposta do consórcio formado pelas gaúchas DC7 e Opus para gerir o Gigantinho pelos próximos 20 anos. A investida teria atendido aos requisitos do clube lançado em edital há cerca de um ano. Outras duas ofertas foram recusadas. A informação foi publicada na coluna de Leonardo Oliveira, do site GaúchaZH.

O responsável pelo processo foi  o vice-presidente de negócios estratégicos, João Predro Lamana Paiva. O caso então está com o Conselho de Gestão, para elaborar o contrato com a nova parceira.  Após pronto o documento é enviado para a aprovação do Conselho Deliberativo. A tendência é que ainda em 2020 todo o trâmite esteja concluído.

O consórcio das gaúchas DC7 e Opus venceu a portuguesa Consfly, além do outro consórcio formado por Promed/Inply. O Clube do Povo receberá, pelo acordo, uma participação que será paga por mês e mais luvas.

Um valor anual será pago ao colorado por naming rights. Se a nova gestora vender o nome do local, essa dinheiro será mensal.  O Inter também acordou para que a reforma no ginásio siga o projeto arquitetônico do Beira-Rio.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 2.306