Inter perde três funcionários das categorias de base

Baixas foram sentidas no Beira-Rio, sendo a principal delas o gerente geral Erasmo Damiani

O Internacional teve três baixas nos últimos dias de funcionários das categorias de base. A principal delas atende pelo nome de Erasmo Damiani, ex-gerente geral do setor. Esta foi a saída mais sentida e teve polêmica.

Após o profissional comunicar nas redes sociais que estava deixando o Clube do Povo, o Inter soltou uma nota oficial, onde afirmou que Damiani teria recebido uma proposta que julga irrecusável.

O gerente, então, foi às redes sociais novamente para desmentir o que diz ser “notícia de rede social” e que não comentou ao clube sobre proposta irrecusável ou qualquer declaração que possa ter tal conotação. Damiani, porém, se equivoca, uma vez que não se trata de notícia de rede social mas sim de nota oficial do clube.

Damiani (direita) está no Inter desde 2019 (Divulgação/SCI)
Damiani (direita) estava no Inter desde 2019 (Divulgação/SCI)




O portal Resistência Colorada entrou em contato com o profissional para questionar se na visão dele a nota oficial do Inter traria conteúdo que não retrata a realidade. Damiani não quis ser específico, mas diz que basta “interpretar”.

“Quanto à nota postada no Instagram, o que havia para ser comentado da minha parte já foi feito. Basta interpretar. No mais, é vida que segue. Estarei sempre na torcida pelo Internacional, pois foi um clube que aprendi a gostar e admirar.”

Damiani deve ter como destino o Atlético-MG, onde trabalhará com Alessandro Brito, que deixou a coordenação de captação da base do Inter para fechar com o Galo. Outro que deu adeus ao Beira-Rio foi o coordenador técnico, Rodrigo Lameira, que fechou com o São Paulo.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 724

Ao clicar no botão de inscrição, você nunca mais perderá os novos artigos!