Inter terá pela primeira vez uma mulher presidente do CD

Licenciamentos de candidatos ocasionaram em trocas na chefia da mesa

Uma mulher ficará à frente do Conselho Deliberativo do Inter pela primeira vez em 111 anos do Sport Club Internacional. Lenize Soares Doval, médica veterinária de 57 anos, será a responsável por fazer história.

O presidente do Conselho Deliberativo do Inter, José Aquino Flôres de Camargo, se licenciou para disputar a eleição colorada, em novembro. Foi sucedido por Guinther Spode, mas que também concorrerá no pleito. Quem vai presidir então será a moça.

Eleita conselheira pelo movimento O Povo do Clube em 2018, integrou a Mesa do Conselho Deliberativo em março de 2019 como primeira secretária na Mesa do Conselho. Fez parte da chapa de consenso de indicava Aquino e Spode como presidente e vice.

Além de Lenize, outra mulher será protagonista na eleição colorada. A segunda secretária, a engenheira civil Luciana Paulo Gomes, de 55 anos, ficará como vice do Conselho.

A eleição do Inter está marcada para 25 de novembro. Além dos dois candidatos citados, Alessandro Barcellos também irá concorrer, além de um representante do O Povo do Clube ainda não divulgado.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 2.306