Inter vai procurar Rodrigo Caetano para renovar até fevereiro de 2021

Dirigente tem contrato até 31 de dezembro, antes do término da temporada

Se dentro de campo o Internacional precisa resolver os contratos prestes a acabar do volante Musto e do lateral-direito Renzo Saravia, fora das quatro linhas também há indefinição. E o nome principal é do executivo de futebol Rodrigo Caetano.

A atual gestão ainda não conversou com Caetano para estender o vínculo, que acaba em 31 de dezembro de 2020, antes do término das competições da atual temporada.

Foto: Ricardo Duarte /SCI
Caetano conversa com o ex-vice de Futebol Alessandro Barcellos e o técnico Eduardo Coudet (Foto: Ricardo Duarte /SCI)

A ideia, no entanto, é prolongar o contrato até o fim de fevereiro de 2021, quando acabam os torneios. A eleição do Inter em novembro é um dos empecilhos, uma vez que a situação pode perder o pleito e não se sabe se quem assumir tenciona continuar com o profissional ou se o próprio Caetano quer seguir.

Após a demissão do vice-presidente de Futebol Alessandro Barcellos, o segundo da pasta a ser desligado na atual gestão, o blog questionou o executivo se haveria interesse em prosseguir. A resposta foi “depois falamos com mais calma. Obrigado pela compreensão”.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 2.296