Jogador que atua no futebol europeu enaltece conversas com o Inter: “Lisonjeado”

Um jogador que atua no PSV, da Holanda, se diz lisonjeado por ser um dos alvos do Internacional para a temporada de 2024. Trata-se do zagueiro André Ramalho, que em entrevista para o site Globo Esporte confirma conversas com o Inter, mas deixa o futuro em aberto.

“A gente fica muito lisonjeado quando o nome é citado no Brasil, onde tem muitos clubes de tradição. Ter o nome citado em conversas com o Inter… A verdade é que de tempos em tempos sempre tem interesses de clubes do Brasil e eu fico muito lisonjeado por isso”, disse.

“Porém, eu estou vivendo um momento tão bom com o PSV. Estou no meu final de contrato e ainda não houve conversa de renovação, então eu tenho que analisar bem a respeito de qual vai ser o próximo passo para a minha carreira. Estou deixando isso na mão do do meu estafe, para que possa estar estar me ajudando a tomar essa decisão sobre o próximo passo a ser dado. Tem que analisar tudo que vai vir. Não posso confirmar nada”, completou.

André Ramalho no PSV (Divulgação)
André Ramalho no PSV (Divulgação)

O defensor de 31 anos, que está em sua terceira temporada no clube holandês tem vínculo até 30 de junho. Ou seja, já pode assinar pré-contrato com outra equipe e trocar de time sem valor de transferência.

Nenhuma descrição disponível.
Histórico de André Ramalho

O atleta reitera o desejo de atuar no Brasil. “Sim, eu tenho isso em mente, é óbvio. Eu saí muito novo, então isso faz com que eu não saiba como é jogar no meu próprio país, né? Então eu gostaria muito de me desafiar nisso daí, poder estar jogando no meu país. O Brasil é um país sensacional, onde tem muitos clubes de tradição. Seria muito poder estar um dia também jogando aí no Brasil, sentindo como é jogar com essa torcida que a gente sabe como é. Mas, sim, é algo que me motiva, um dia poder estar jogando no Brasil, e espero que um dia se concretize”, concluiu.

CLIQUE AQUI E RECEBA AS NOTÍCIAS DO INTER NO EM SEU WHATSAPP
A busca do Colorado por um zagueiro se dá por indefinições na posição. Robert Renan está emprestado pelo Zenit até o fim do ano, mas se surgir propostas ele deixa o Beira-Rio em julho. Vitão tem contrato até a metade do ano e não há garantias de permanência.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.579

Ao clicar no botão de inscrição, você nunca mais perderá os novos artigos!