Meia formado no Inter, Andrigo pode atuar em mercado alternativo em 2022

Meio-campo defendeu as cores do Guarani na temporada de 2021

Formado no Internacional e um dos jogadores que ficou marcado com o rebaixamento de 2016, o meio-campo Andrigo negocia para atuar em um mercado alternativo. O meia de 26 anos teve seu contrato expirado com o Guarani e pode atuar no futebol sul-coreano, de acordo com o repórter do Correio Popular, Lucas Rossafa.

“Em negociação com o futebol da Coreia do Sul, Andrigo recebeu propostas de alguns clubes brasileiros para próxima temporada: Guarani – de renovação -, Ponte Preta, Operário e Novorizontino. Todos, curiosamente, são da Série B. O destino do meia, por enquanto, está indefinido”, escreveu o jornalista em suas redes sociais.

Em contato com o próprio repórter, Andrigo comentou sobre as especulações sobre o seu futuro.

“Recebi algumas propostas. Estou estudando ainda com minha família e devo definir nos próximos dias a minha situação. Algumas sondagens do exterior também chegaram, com números e projetos interessantes. Estou analisando com calma o que farei”, disse Andrigo.

Andrigo comemora gol pelo Guarani (Divulgação/Guarani)
Andrigo comemora gol pelo Guarani (Divulgação/Guarani)

Nas categorias de base do Inter, Andrigo chegou a despertar interesse de gigantes europeus, como Barcelona e Real Madrid, por exemplo. Subiu aos profissionais e foi campeão e melhor jogador do Gauchão de 2016. Depois, com o rebaixamento inédito do Colorado, deixou o clube na temporada seguinte.

Ainda sob contrato com o Inter, o meio-campo rodou por empréstimos no Atlético-GO, Ceará, Sport, Vitória e Figueirense. Sem vínculo com o Colorado defendeu as cores do CSA e o Bugre.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 1.373