O “clima bélico” que vive a cidade onde o Inter treinará nos próximos dias

Colorado ficará sediado em Itu, interior de São Paulo, por cerca de 20 dias

O Internacional viaja nesta segunda-feira (20) para Itu, no interior de São Paulo, onde realizará uma espécie de intertemporada por cerca de 20 dias. A cidade que abrigará o Inter, no âmbito futebolístico, vive clima de guerra.

Nesse domingo (19) o Ituano perdeu por 2 a 0 para o Mirassol, em Mirassol, sexta rodada da Série B. Após a partida, torcedores organizados do time de Itu, a Galoucura, vandalizaram a sede do clube. Chegaram de carro, invadiram pelo estacionamento e danificaram parte da estrutura do refeitório.

O local serve como alojamento para jogadores das categorias de base. O lateral-esquerdo Léo Izidoro, de 17 anos, foi atingido com estilhaço de vidros de uma janela quebrada, que ocasionou cortes na região das costas.

O Ituano vive uma de suas maiores crises da história. Foi rebaixado no Campeonato Paulista e neste momento é o lanterna na Série B, ganhou uma e perdeu cinco em seis rodadas disputadas.

CLIQUE AQUI E RECEBA AS NOTÍCIAS DO INTER NO EM SEU WHATSAPP
O Internacional de forma direta não será impactado pelo clima bélico da cidade. Isso porque o Colorado treinará em um resort, longe da crise vivida pelo Ituano. A partida contra o Belgrano em 28 de maio o Inter solicitou à Conmebol que seja em Itu, no Estádio Novelli Júnior. Contudo, o local não pertence ao Ituano mas sim à Prefeitura Municipal.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.678