O documento que causou a demissão de Alessandro Barcellos

Bastidor político ferve no Inter

O vice-presidente de futebol do Internacional Alessandro Barcellos foi demitido nessa sexta-feira (24). E um documento foi fundamental para a sua saída, trata-se de uma aliança que participará do pleito político do Inter.

Barcellos faz parte de uma aliança entre grupos políticos que concorrerá contra os pares de Medeiros na eleição do Inter.

“Os movimentos i9 Inter, @AcadColorada e @ConvergenciaSC apresentam aqui, em carta aberta, os princípios que entendem como fundamentais para a gestão do clube. Mais do que conter diretrizes, ela é colaborativa, como mais um gesto pelo constante aperfeiçoamento necessário ao Clube”, diz o comunicado de divulgação

Cerca de 10 pessoas vão deixar o Inter, em apoio à demissão de Barcellos. O vice de Administração Victor Grunberg, o vice de Marketing e Mídia, Nelson Pires, e Humberto Busnello, do Conselho de Gestão, são alguns exemplos.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 2.296