O feito comemorado por um velho conhecido do Inter

Se o Internacional mergulha em depressão profunda com situação crítica na Copa Sul-Americana, o mesmo não se pode dizer do Peñarol-URU, que com um velho conhecido dos colorados no comando conseguiu um significativo feito nas últimas horas.

O time uruguaio bateu o argentino Rosario Central por 2 a 1 no estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu. Com este resultado ficou em segundo no Grupo G, onde o Atlético Mineiro terminou como líder. E aí que vem o grande feito de Diego Aguirre.

O maior clube do Uruguai não avançava para as oitavas de final da Libertadores desde a temporada de 2011, quando foi vice-campeão. E por curiosidade, naquela trajetória o comandante também era Diego Aguirre.

Aguirre comandou o Internacional em 2015, quando foi eliminado pelo Tigres, do México, na fase de semifinal da Libertadores. Depois, treinou o Colorado na temporada em 2021, quando sucedeu Miguel Ángel Ramírez.

Além de treinador do Clube do Povo, o charrua também está ligado na história colorada como jogador. Em 1989 esteve em campo no Gre-Nal do Século, quando o Inter bateu o Grêmio por 2 a 1.

O INTER NA SUL-AMERICANA
O Clube do Povo no máximo consegue ser o segundo colocado no Grupo C. Neste posto jogaria playoff contra algum terceiro colocado da Libertadores. Só daí, caso vença esta eliminatória, chegaria às oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Classificação fornecida por Sofascore

CLIQUE AQUI E RECEBA AS NOTÍCIAS DO INTER NO EM SEU WHATSAPP
O Clube do Povo volta a campo às 18h30 do próximo sábado (28), quando encara o Cuiabá na Arena Pantanal, confronto da sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.661