O principal argumento do Inter para liberar jogos em Porto Alegre

Decisão deve ocorrer nesta sexta-feira (31)

O principal argumento do Internacional para que o prefeito Nelson Marchezan libere jogos em Porto Alegre é a falta de incidentes nas 18 partidas do estadual já realizadas em meio à pandemia do coronavírus. Grêmio e Federação Gaúcha de Futebol (FGF) também estão juntos com o Colorado e corroboram com a mesmo discurso.

Após reunião virtual na quinta-feira (30), entre todos os envolvidos, um novo encontro está marcado para esta sexta-feira (31). Além de não ter acontecido aglomerações e tampouco contaminação em massa, a segurança adotada pelos protocolos é outro argumento.

As próprias partidas de futebol foram usadas para embasar o pedido, uma vez que seria um exemplo positivo no combate contra a pandemia. Com os jogos sem público e televisionados, estimularia a população para ficar em casa, principal recomendação para não disseminar o vírus.

Pelo outro lado, o chefe do executivo mostrou aos dirigentes a evolução dos números da doença na Capital. A principal razão para que Marchezan vete os jogos não vem da ciência mas sim que a bola rolar passaria uma falsa imagem de normalidade.WHATSAPP

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 2.296