O que diz o regulamento do Brasileirão sobre gramado sintético

O domingo (21) foi de três partidas em gramado sintético no Campeonato Brasileiro. E o desfecho é sempre o mesmo: visitantes reclamam, mandantes defendem. O regulamento da competição, contudo, é muito claro sobre a questão.

O Capítulo 6, Art. 24, diz que “Os clubes estão autorizados a utilizar estádios com piso de grama sintética”. Não há o que discutir, é liberado. Abaixo, outra duas citações sobre gramado sintético no regulamento:

§ 2º – “Quando a partida ocorrer em estádio com piso de grama sintética, o clube visitante poderá realizar um treinamento na véspera da data prevista para a partida, no próprio estádio, mediante requerimento ao Clube mandante, com antecedência de 10 (dez) dias.”

§ 4º – “Caso não seja possível a realização do treinamento previsto no §2º no próprio estádio da partida, o Clube mandante deverá disponibilizar a possibilidade de treinamento em campo de grama sintética similar, em centro de treinamento.”

 

CLIQUE AQUI E RECEBA AS NOTÍCIAS DO INTER NO EM SEU WHATSAPP
Com a derrota, o Colorado estaciona nos seis pontos e ocupa a sexta posição na tabela de classificação. O Clube do Povo volta a campo na próxima quinta-feira (25) às 23h, quando encara o Delfín, no Equador, terceira rodada da Copa Sul-Americana.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.579

Ao clicar no botão de inscrição, você nunca mais perderá os novos artigos!