O ressurgimento de Valdívia

Meia, emprestado pelo Inter ao Avaí, vive sua fase mais estável nos últimos anos

Emprestado pelo Internacional ao Avaí até o final de 2020, o meia Valdívia vive no clube catarinense sua temporada mais estável nos últimos anos. Seja com contribuição efetiva ou com presenças dentro das quatro linhas.

O Avaí tem 29 partidas na atual temporada. Destas, o camisa 10 participou de 28. O jogador de 26 anos ficou de fora apenas no clássico contra o Figueirense em 29 de setembro, válido pela 12ª rodada da Série B.

Avaí luta pelo acesso (Reprodução)

A última vez que Valdívia fez mais jogos que os 28 atuais com a camisa do Leão foi em 2017. À época, com a camisa do Atlético-MG, o meio-campo colecionou 31 aparições. Como a atual temporada ainda está em curso, tal marca será facilmente batida.

Desde que foi anunciado, em 27 de dezembro de 2019, o Poko Pika anotou quatro tentos e deu sete assistências, três destas na Série B. Apenas Felipe Ferreira e Elvis, do Cuiabá e Mazinho, do Oeste, atacaram mais de garçom na segundona do que o meia do Avaí.




Valdívia fala sobre o momento no Avaí:

Não quis diminuir o salário

Durante a pandemia do coronavírus, o Inter entrou em acordo com os jogadores emprestados, mas que ainda recebem do clube, para que diminuíssem seus vencimentos em torno de 25%. Valdívia, no entanto, não aceitou.

O destro de 1,74m alegou que como o contrato com o Inter expira no final de 2020, não teria porque fazer um acordo. Portanto, o Internacional segue pagando quase a totalidade dos R$ 300 mil mensais do atleta.

O máximo que o Inter conseguiu foi renegociar o valor durante a pandemia referente aos direitos de imagem. O meia vai receber o dinheiro devido parcelado durante 2021.

Dados de Valdívia (Reprodução/Transfermarkt)
WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.735