O valor que os clubes vão dividir da venda dos direitos internacionais de TV

Primeira rodada do Campeonato Brasileiro já foi exibida para fora do país

O blog Resistência Colorada noticiou o acerto da CBF e dos clubes do Brasileirão para a venda dos direitos internacionais de TV. No entanto, valores de forma oficial não foram divulgados. De acordo com o portal UOL, as agremiações irão dividir um valor mínimo de US$ 10 milhões (R$ 54,8 milhões) por temporada. O contrato vale até 2023.

A Global Sports Rights Management irá exibir streaming, TV aberta e fechada, além do pay-per-view. O consórcio Zeus Sports Marketing/Stats Perform terá direito ao streaming para casas de apostas.

O valor referido é o mínimo do negócio. Isso porque se as empresas fecharem novos acordos locais, os clubes terão direito a percentuais da transação. A primeira rodada do Campeonato Brasileiro já foi exibida para fora do país.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.678