Os planos do Inter para utilizar Amaya e Zalazar

Dupla é esperança de bom futebol no sub-20

O treino do Internacional no início da semana contou com dois nomes diferentes do dia a dia. Isso porque o colombiano Andrés Amaya e o argentino Maxi Zalazar, ambos de 19 anos, fizeram parte do grupo principal. Porém, o aproveitamento de imediato da dupla está previsto para as competições da categoria.

O Inter estreia pelo Campeonato Brasileiro sub-20 em 23 de setembro, diante do Flamengo, na Morada dos Quero-Queros, CT do Inter em Alvorada.

“Neste primeiro momento, eles participam do processo como os outros meninos. Principalmente porque precisamos destes atletas para o Brasileirão Sub-20 e Copa do Brasil Sub-20. Com a gente, na base, eles terão mais tempo para treinar. Então, eles ficam na base, mas se o profissional precisar, eles serão chamados“, explicou ao site GaúchaZH o coordenador das categorias de base do Inter, Erasmo Damiani.

Lances da dupla:




O colombiano atuava no time principal do Atlético Huila-COL quando foi emprestado para o Inter, em acordo válido até dezembro de 2020. O jogador atua, de acordo com Damiani, pelos lados de campo.

O argentino estava em fim de contrato no Boca Juniors, mas renovou o vínculo para ser emprestado ao Internacional. O jogador ficará no Beira-Rio até dezembro de 2021, com valor fixado de US$ 800 mil (R$ 4,2 milhões), por 50% dos direitos.

“O Amaya é um atacante de velocidade, mais de beirada de campo. Já o Maxi é um atacante ao estilo argentino, de força, de contato com o zagueiro. Pode fazer a primeira função do ataque, mas não é um atacante de estatura, tem mobilidade. São jogadores de características diferentes”, concluiu Damiani.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 2.306