Os problemas de Coudet para montar o time diante do Fortaleza

Colorado tem suspensos e lesionados para encarar os cearenses

Muitos colorados já projetam o Gre-Nal da Copa Libertadores da América. No entanto, ainda há um compromisso antes do clássico. Trata-se do duelo contra o Fortaleza, às 19h de sábado (19), no Castelão. E o time deve ser mexido.

Na vitória sobre o América-COL, o técnico Eduardo Coudet tinha 10 desfalques. O que não quer dizer que passado o embate com os colombianos estes se tornam opções, longe disso.

Guerrero só volta em 2021. Pottker, lesionado, segue no departamento médico, assim como Marcos Guilherme, Peglow e Yuri Alberto. Fora tais ausências que podem ocorrer por preservações.

Por outro lado, o comandante terá à disposição nomes suspensos na Libertadores e que poderão atuar diante dos cearenses, casos de Moisés e Edenilson. Musto também ficou de fora por questão disciplinar, mas já pode atuar nas duas competições.




Praxedes e Cuesta cumpriram a suspensão que tinham na competição continental, mas também por cartões estão impedidos de atuar pelo Brasileirão, por terem recebido o terceiro amarelo diante do Goiás.

O provável Inter tem: Marcelo Lomba; Saravia (Rodinei), Moledo, Zé Gabriel (Pedro Henrique) e Moisés; Musto, Edenilson, Boschilia e Patrick; Galhardo (D’Alessandro) e Abel Hernández (Leandro Fernández);

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 2.306