Político diz que é um “absurdo” Alvorada receber o Inter e promete medidas

Colorado conseguiu a liberação para atuar no município

O Internacional atuará contra o Aimoré na Morada dos Quero-Queros, em Alvorada, na última rodada do segundo turno do Campeonato Gaúcho. No entanto, o Inter tem um político que se tornou inimigo para tal plano: Juliano Marinho.

O vereador e presidente da Câmara de Alvorada afirma que analisa entrar com recurso para impedir a partida do Inter na cidade. Veja abaixo a publicação:

“Na contramão do que deveria estar fazendo, a prefeitura de Alvorada acaba de liberar a realização dos jogos do Inter na cidade, um verdadeiro retrocesso que em nada contribui com a cidade.

Lamento profundamente e minha equipe vai estudar medidas que impeçam esse absurdo. Estamos no momento mais crítico da pandemia em Alvorada, a beira de entrarmos na bandeira preta. E a prefeitura libera jogo de futebol?

A classificação de restrições de Porto Alegre e Alvorada seguem os mesmos critérios, então se Porto Alegre, que é uma cidade inclusive mais estruturada, rejeita essa atividade neste momento, questiona-se por que Alvorada irá aceitar?

A prioridade agora tem que ser a defesa da vida e a proteção dos empregos, e essa medida do Futebol não ajuda em nada. Vão continuar afrouxando medidas até que seja necessário decretar lockdown? Quantos alvoradenses vão ter que perder a vida para os governantes se acordarem?

Queremos é testes em massa pra nossa gente, desinfecção da cidade, política de geração e proteção de empregos. Futebol neste momento não é prioridade.”

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 2.305