Repercute declaração de Abel Ferreira sobre gramado sintético no futebol brasileiro

O domingo (21) foi de polêmicas sobre os gramados sintéticos do futebol brasileiro. O atacante Wanderson, do Inter, por exemplo, prendeu o pé no carpete varzeano da Arena da Baixada e se lesionou. Após Palmeiras 0x0 Flamengo, o técnico Abel Ferreira comentou sobre as críticas que o tapete do Allianz Parque recebeu.

“Quando todos os clubes do Brasil tiverem gramados como o do Corinthians, aí nós podemos reclamar dos gramados sintéticos, 80% dos gramados aqui não são bons. Para mim, o melhor é o do Corinthians”, disse o português.

Imagem
Roger Machado contra o Botafogo

O Juventude, do técnico Roger Machado, foi sapecado com um 5 a 1 para o Botafogo. O treinador após a goleada também comentou sobre o carpete do Estádio Nilton Santos.

“O gramado sintético ele funciona mais ou menos como se jogasse na altitude sem os efeitos físicos e o time da casa está habituado. Se a gente disser que o gramado influenciou no resultado, podemos ser acusados de querer desviar o foco do problema. Mas de fato é um piso diferente”, disse o treinador.

“Eu abri a palestra hoje falando para os meus atletas até o momento de sentir o jogo, dá o passe no corpo. Porque pela experiência do gramado sintético ele funciona mais ou menos como se jogasse na altitude sem os efeitos físicos e o time da casa está habituado. Aliás, com relação às lesões, hoje a gente teve um deles escorregando no gramado que não tem a mesma característica dos demais. Então eu não sou a favor do gramado artificial. Senão a gente vai ter que mudar a estrutura do jogo. Porque é diferente. Tem cem anos que o futebol está no Brasil e ele é de grama natural. Enfim, tem diferença sim, é inegável”, completou.

 

Técnico do Inter Eduardo Coudet

O técnico do Inter, Eduardo Coudet, foi outro que citou o gramado. Após a derrota por 1 a 0 para o Athletico no sintético da Baixada, o treinador afirmou que o jogo muda por conta do piso.

“O que faltou hoje? O gol. Tivemos muitas situações, fiquei muito orgulhoso com a atuação do time. Jogamos em um campo diferente, tivemos que nos adaptar e jogar um futebol diferente”, disse.

 

 

CLIQUE AQUI E RECEBA AS NOTÍCIAS DO INTER NO EM SEU WHATSAPP
Com esta derrota, o Colorado estaciona nos seis pontos e ocupa a sexta posição na tabela de classificação. O Clube do Povo volta a campo na próxima quinta-feira (25) às 23h, quando encara o Delfín, no Equador, terceira rodada da Copa Sul-Americana.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.579

Ao clicar no botão de inscrição, você nunca mais perderá os novos artigos!