Repleto de desfalques, Coudet deve escalar meia no ataque

Lesões diminuem as opções para Chacho no setor ofensivo

Repleto de desfalques, o técnico Eduardo Coudet quebra a cabeça para montar o time que enfrenta o Botafogo no Campeonato Brasileiro. E um nome aparece como tendência para iniciar a partida após mais de um mês sem constar no 11 inicial: D’Alessandro.

O camisa 10 deve entrar no lugar de Marcos Guilherme, compondo assim o ataque como Coudet testou no início da temporada, mas com a sequência de jogos o argentino virou opção no banco de reservas. A última vez que D’Ale iniciou um jogo foi em 22 de julho, no Gre-Nal do Centenário, no Gauchão.

Participação de D’Alessandro em 2020 (Reprodução?Ogol)

ONDE ASSISTIR BOTAFOGO X INTER

No setor ofensivo, Chacho não pode contar com Guerrero lesionado e fora do restante da temporada. João Peglow foi contaminado com a Covid-19 e está em isolamento. Pottker e Yuri Alberto têm lesão muscular.

A delegação que viajou para o Rio de Janeiro tem a novidade do meio-campo Nonato, recuperado de um edema na coxa direita. Com as baixas, o Inter deve ter Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés; Lindoso, Edenilson, Patrick e Boschilia; D’Alessandro e Thiago Galhardo.

O Inter encara o Botafogo às 17h deste sábado (29), no Estádio Nilton Santos, pela sexta rodada do Brasileirão. O clube carioca é o 11º colocado, com seis pontos somados. O Colorado lidera o certame, com 12 pontos.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.655