Rithely aciona Sport na Justiça e cobra cifra milionária

Jogador passou sem sucesso pelo Beira-Rio

Ex-Internacional, o volante Rithely cobra na Justiça R$ 21 milhões do Sport de multas rescisórias, encargos trabalhistas e pagamentos atrasados. Desde a volta do futebol, o jogador não treina com o grupo principal do clube pernambucano. Em nota oficial, o atleta explicou a ação.

“Tentei de todas as formas resolver a situação, tentei conversar com o presidente (Milton Bivar), mas nunca tive uma resposta, parcelei todos meus salários em atraso em 60 vezes, em 5 anos, e mesmo assim, o clube não pagou nenhuma parcela e continuei sem receber meus salários”, afirmou.

Rithely chegou ao Internacional em março de 2018 e foi diagnosticado com uma lesão no tornozelo. Durante o período de recuperação, ficou acordado que o Sport seria o responsável pelo salário, 13º salário e direito de imagem. Rithely afirma que os meses de agosto e setembro não goram quitados.

Rithely
Rithely voltou ao Leão em 2020 (Foto: Divulgação)

Em 2019, mesmo cedido ao Inter, o clube pernambucano teria que pagar o direito de imagem, o que não o fez. No início da atual temporada, já de volta à Ilha do Retiro, Rithely renegociou os 14 meses de atraso em direito de imagem e seis meses de salário em 60 parcelas pelos próximos cinco anos.

Em entrevista à Rádio Jornal, o presidente do Sport, Milton Bivar, afirmou que se trata de um grande dilema, mas que não pode dar detalhes.

“Olha, o caso de Rithely não estou autorizado a falar sobre esse problema. Talvez seja o problema mais sério que a gente tenha”, disse.

Rithely foi criticado em Porto Alegre por marcar mais presença no departamento médico do que dentro das quatro linhas. De março de 2018 até dezembro de 2019, enquanto esteve com a camisa vermelha, foram apenas 1.183 minutos em ação.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 2.306