Após manobra do Santos por Yuri Alberto, Inter analisa ir à Justiça por negócio de Sasha

Peixe em crise financeira vive imbróglios jurídicos

O caso Yuri Alberto ganhou mais um capítulo na noite dessa sexta-feira (31). O Santos cobriu a proposta do Internacional pelo centroavante e tem duas semanas para pagar os R$ 10 milhões que o Inter ofertou. E o mal-estar pode envolver até a dívida do Peixe com o Colorado por Eduardo Sasha.

O Inter ofertou um contrato a Yuri, que tem vínculo com o Santos até essa sexta. Estava tudo certo, os companheiros de Peixe já se despediam do jogador de 19 anos. O diretor do Inter Rodrigo Caetano, em entrevista recente à Rádio Atlântida, explicou a situação.

“Tivemos algumas saídas e vimos neste atleta um investimento técnico e financeiro. O investimento financeiro não é da nossa operação, dos nossos recursos operacionais. Nós precisamos aguardar até 31 de julho. Se o Santos cobrir a proposta, ele segue no Santos. Caso contrário, o atleta tem o direito de escolher o seu destino. Ele viu no Internacional uma boa oportunidade e nós também vimos”, explicou. O Inter agora diz que analisará a situação com o setor jurídico.

Com a manobra dos paulistas por Yuri Alberto, a dívida com Sasha pode ser um ataque. O Inter vendeu 50% dos direitos do atacante no fim de 2019. O acordo previa o pagamento de 2 milhões de euros em 24 parcelas. No entanto, nenhum dinheiro pingou nos cofres do Colorado. O Inter analisa a possibilidade de agir como outras equipes que foram à Justiça contra o clube paulista.

WHATSAPP

Mais notícias

1 De 3.667